segunda-feira, 3 de abril de 2017

PCdoB JUNDIAÍ INVESTE EM CAPACITAÇÃO DE SEUS MILITANTES

No dia 30/03, seis representante do PCdoB de Jundiaí estiveram em São Paulo para o Seminário 100 anos da Revolução Russa e 95 anos do PCdoB, organizado pela Fundação Maurício Grabois e pelo Partido Comunista do Brasil (PCdoB).

O programa do seminário abordou a trajetória revolucionária de quase um século do Partido Comunista do Brasil; o legado e as lições da Revolução Russa; as tendências da grande crise mundial do capitalismo; e a nova luta pelo socialismo no século XXI.

Os participantes foram unânimes em elogiar a iniciativa, pelo rico aprendizado. Essa iniciativa faz parte do planejamento do PCdoB Jundiaí em investir na capacitação dos seus integrantes.

Participaram do evento: Henrique Gonçalves de Sá, Nereu Veiga, Leandro Vendramin, Felipe Andrade, Edgar Borges e Eliane Silva Pinto.

Texto e fotos: Eliane Silva Pinto
Representantes do PCdoB Jundiaí
A presidente nacional do partido, Luciana Santos abriu o Seminário


O conceituado professor de filosofia da Domenico Losurdo da Universidade de Urbino,
Itália fez um  panorama sobre a Revolução Russa, suas causas e consequências

O cientista político e professor Luis Fernandes enriqueceu o debate

O presidente da Fundação, Renato Rabelo fez
 uma explanação sobre o novo socialismo

Raphael Hidalgo, representante do Partido Comunista de Cuba,
contou a experiência do socialismo em Cuba 


quinta-feira, 17 de novembro de 2016

NEAF debate PEC da maldade com o professor Quartim

O Núcleo de Estudos Adamastor Fernandes (NEAF) retoma seus trabalhos apresentando mais um debate, dessa vez o tema escolhido é o “Retrocesso Brasileiro” que está ocorrendo via o Projeto de Emenda Constitucional (PEC) nº 241 na Câmara e a PEC 55 no Senado, que prevê limites nos gastos públicos e afeta investimentos sociais. 
 
O debate faz parte do ciclo “Diálogos e Conexões” - que tem como intuito trazer para o centro da mesa as questões mais importantes a serem debatidas pela sociedade, para isso o professor, João Quartim de Moraes, que é graduado em filosofia, doutor pela Fondation Nationale de Science Politique da Academia de Paris (1982), foi convidado.
 
Quartim que atualmente é professor voluntário da UNICAMP no Instituto de Filosofia e Ciências Humanas (IFCH) - onde atuou como titular da cadeira entre 1982 a 2005, é membro do Comitê Central do PCdoB e diretor da sessão paulista da Fundação Maurício Grabois.
 
O Núcleo é composto por acadêmicos, sindicalistas, ativistas, militantes de movimentos sociais e está aberto para todos que quiserem contribuir com a reflexão em prol de uma sociedade mais justa e leva o nome do primeiro vereador comunista eleito em Jundiaí, Adamastor Fernandes.

Evento
O evento será no dia 23/11 (quarta-feira), a partir das 19h30, no Sindicato dos Metalúrgicos de Jundiaí, que fica na Rua XV de Novembro, 240 e está aberto ao público. 
 
Texto: Felipe Andrade 
 
 

sexta-feira, 4 de novembro de 2016

PCdoB comemora avanços na macrorregião de Jundiaí

Um balanço da participação do PCdoB nas últimas eleições foi o tema da reunião da macrorregião do partido nessa quinta-feira, 03 em Jundiaí.
Com a presença do deputado federal e presidente estadual da sigla, Orlando Silva, os representantes das cidades contaram as dificuldades e os avanços do PCdoB na região.

Para Orlando Silva, o PCdoB saiu com saldo positivo das eleições. “Quero parabenizar todos vocês pelo duro trabalho nas eleições, não foi uma tarefa fácil ainda mais com um cenário de negação da política, negação da esquerda, todos estão de parabéns por cada voto”, enalteceu.

Na macro de Jundiaí foram eleitos 6 vereadores (2 Várzea Paulista, 1 Atibaia, 1 Bom Jesus dos Perdões, 1 Cajamar e 1 Jarinu) duas vices prefeitas (Cajamar e Bom Jesus dos Perdões) e todos os prefeitos (com exceção de Jundiaí e Várzea Paulista) apoiados pelo partido foram eleitos. Também estavam presentes na reunião dirigentes do partido de Jundiaí, Francisco Morato e Campo Limpo Paulista.

Orlando Silva destacou o protagonismo de cada cidade nas eleições, como explicou, o PCdoB é um partido de diálogos e isso foi respeitado pelo Comitê Estadual. “Não ditamos regras e obrigações para cada Comitê pois quem conhece a realidade da cidade são vocês, então as alianças realizadas nessas eleições foram respeitadas, pois somos um partido aberto ao diálogo, e isso nos ajudou a passar por toda essa turbulência”.

Para o presidente estadual do PCdoB, o cenário nacional influenciou muito as eleições e fizeram dela uma dura batalha para quem defende a esquerda. “Estamos em um momento difícil no país com uma crise econômica muito grande, queda da receita, aumento do desemprego, o PIB do Brasil diminuiu dois anos consecutivos, isso só havia acontecido em 1929 e 1930 e temos a crise política alarmante, onde a presidenta eleita foi retirada do cargo”, argumentou.

A mídia foi a grande aliada da direita nessas eleições, como afirma Orlando. Para ele, as manchetes diárias contra o PT influenciaram os brasileiros na hora do voto. “O PT cometeu alguns erros e pagará por isso, agora a mídia noticia diariamente algo contra o PT, mesmo que não seja a verdade, como se fosse o único partido a ter problemas”.

Segundo ele, isso contribuiu para essa aversão à esquerda nessas eleições e o fortalecimento na direita do Estado, a chamada “onda azul”.
Por tudo isso parabenizo vocês que fizeram um brilhante trabalho aqui na região, o PCdoB sai fortalecido dessa luta e vamos continuar a fortalecer o partido e crescer ainda mais, vamos trazer novos filiados com essa mesma garra de mudar todo esse cenário político”, enalteceu Orlando Silva aos presentes.

Texto e fotos: Eliane Silva Pinto 

Orlando e o vereador eleito de Bom Jesus dos Perdões, Luís Estevão

Vereador eleito de Atibaia, Michel Carneiro
Vice de Cajamar Dalete de Oliveira e o  vereador eleito Fabiano Galvão

 

Com Everton Lorencini, vereador eleito de Jarinu

Vereadores eleitos de Várzea Paulista, Osmar Pereira e Robertinho de Almeida
 

quarta-feira, 17 de agosto de 2016

LEI DA MORDAÇA AOS PROFESSORES DO DEPUTADO LUIZ FERNANDO MACHADO É REJEITADA NA ASSEMBLEIA LEGISLATIVA DE SÃO PAULO

A Comissão de Educação da Assembleia Legislativa de São Paulo rejeitou nesta terça-feira, 16 o programa Escola Sem Partido, onde um dos autores é o deputado estadual por Jundiaí, Luiz Fernando Machado.

Na noite de ontem, os vereadores e professores Rafael Purgato, Leila Casote e Eliezer Barbosa apresentaram moção contra o projeto. Segundo Purgato, o projeto limita a atuação do professor em sala de aula. “O professor é responsável por contribuir com uma visão crítica para o jovem, esse projeto tenta tirar isso do professor, é uma criminalização da atuação do docente”, afirma.

Purgato que é professor do ensino médio em Jundiaí analisa com preocupação esse projeto e outros que tentam limitar as discussões e pensamentos diferentes. “Todas as visões precisam ser discutidas e debatidas, os professores não fazem da escola um campo de debates o tempo todo, porém em alguns momentos isso é inevitável, pois é lá onde o aluno passa a maior parte do tempo”.

Contrário também ao Escola sem Partido, o secretário estadual da Educação, José Renato Nalini, criticou nesta terça o projeto, no Jornal O Estado de São Paulo. Para ele, o projeto vai “blindar e homogeneizar as escolas, comprometendo o espírito crítico dos alunos”. “Queremos, sim, que o aluno tenha espírito crítico, ouça todas as opiniões e escolha a que melhor convier com a sua preferência, seu talento, sua etnia e sua origem. Ninguém quer escola blindada, escola homogênea. Homogeneidade é característica de formigueiro e colmeia, não é de espécie humana.”


Texto: Eliane Silva Pinto
Fonte: Jornal O Estado de São Paulo 

quinta-feira, 28 de julho de 2016

PCdoB JUNDIAÍ MOSTRA FORÇA E UNIDADE EM SUA CONVENÇÃO MUNICIPAL

O clima de união e entusiasmo marcou a Convenção Eleitoral do PCdoB Jundiaí, na noite de ontem. A atividade referendou o apoio à reeleição do prefeito Pedro Bigardi e a coligação proporcional com o PMDB e PSDC “Para fazer ainda mais por Jundiaí”.

Aproximadamente 400 pessoas lotaram as dependências do Clube 28 de Setembro e puderam conhecer os onze pré-candidatos a vereador do partido. “Montamos um time forte com importantes nomes, pessoas referências em suas áreas de atuação que lutarão com muita garra nessa eleição”, enalteceu o presidente do PCdoB local, o vereador Rafael Purgato.

Os presidentes Waldemar Foelkel (Cabelo) - PMDB e Sérgio Dutra (PSDC), assim como seus pré-candidatos prestigiaram a atividade e mostraram o clima de unidade da chapa proporcional. Em suas falas, foram unânimes, ao lado de Purgato, ao destacar a força e energia da chapa na busca por cadeiras na Câmara Municipal.

Presente no ato, o prefeito Pedro Bigardi enalteceu os muitos avanços da Prefeitura nesses últimos anos. “Esse é o governo mais realizador de todos os tempos e esse é o melhor time para continuarmos a avançar em Jundiaí”, destacou.

Purgato legitimou o apoio do PCdoB à reeleição do prefeito Pedro Bigardi. “O PCdoB contribuiu muito com esses avanços no governo e vamos defender esse legado nas próximas eleições, por isso nosso apoio a reeleição do prefeito Pedro Bigardi”.

Com atuação destacada, o PCdoB deixa sua marca no atual governo e contribui para uma gestão mais humanizada e comprometida com a cidade, nas diversas pastas que ocupa.

No ato o PCdoB apresentou o nome do vereador Rafael Purgato como vice-prefeito. “Com essa convenção, o PCdoB demonstrou capacidade de mobilização, capacidade de diálogo, capacidade de contribuir para a construção do governo, e dessa maneira apresenta meu nome, se assim for o entendimento, para uma disputa majoritária ao lado do prefeito Pedro Bigardi”, ressaltou Purgato.

Confira os nomes dos 11 pré-candidatos a vereador do PCdoB:

Aparecida Jacinto dos Santos

Benedito Vieira Coelho

Eduardo Augusto Pereira Ramalho (Festa)

Elisângela Lima Bezerra

Flávio Elton da Cunha (Caveira)

Jucileide Batista dos Santos

Rafael Turrini Purgato

Reinaldo Fernandes

Roberto Gonçalves de Sá

Sandro Roberto Cardoso dos Santos (Batata)

Tércio Marinho do Nascimento Junior



























segunda-feira, 4 de julho de 2016

RODA DE CONVERSA COM A DEPUTADA LECI BRANDÃO EM JUNDIAÍ

Nessa quarta-feira, 6  a deputada estadual Leci Brandão estará em Jundiaí para uma roda de conversa sobre as principais bandeiras do seu mandato, como a defesa do movimento negro: sua cultura e história. A atividade acontece no Clube 28 de Setembro a partir das 19h00, com entrada gratuita.

Deputada pelo PCdoB, Leci Brandão faz esse diálogo do empoderamento das minorias na Assemblei a Legislativa. Como explica um dos organizadores do evento, o pré-candidato a vereador pelo PCdoB Eduardo Festa, a parlamentar é reconhecida por toda essa luta. “Ela representa o povo da periferia, o negro e todos que sofrem preconceito, ela trava cotidianamente essa luta em seu mandato”.

De acordo com Festa, Leci Brandão tem um carinho muito grande por Jundiaí. “A deputada tem uma boa relação com Jundiaí seja como artista ou como deputada, ela  fez questão de visitar a cidade e dar sua contribuição”, destacou.

A atividade conta com o apoio do PCdoB local e da União da Juventude Socialista local (UJS-Jundiaí).


Texto: Eliane Silva Pinto